Pular para o conteúdo
Início » Notícias » A cannabis e a saúde mental

A cannabis e a saúde mental

A planta como alternativa de tratamento para ansiedade e depressão

É cada vez mais comum relacionar a cannabis e a saúde mental. A planta é indicada como alternativa de tratamento para ansiedade, depressão, entre outras doenças.

Não é de hoje que a OMS (Organização Mundial da Saúde) revela uma crescente no número de pessoas que apresentam algum tipo de transtorno relativo à saúde mental.

Fato é que a pandemia e todas as restrições que ela causou, principalmente social e financeira, fez esses números saltarem de forma nunca antes vista.

Em uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em 2020 e publicada no portal Pebmed, 86,5% das respostas apontavam a ansiedade como transtorno mais presente durante a pandemia de Covid-19.

Dentre as opções de tratamento, principalmente para controle da ansiedade, a cannabis se destacou como escolha.

Entre os usos mais indicados estão:
Controle da ansiedade
Depressão
Transtorno bipolar
Insônia
Borderline
Estresse pós traumático

Cannabis regulamentada

Desde 2015 a Anvisa (Agência Brasileira de Vigilância Sanitária) autoriza a importação e a venda de produtos à base de cannabis nas farmácias.

Mas foi em 2020 que o número de pessoas cadastradas na agência saltou de 10862 em 2019 e foi para 26885 em 2020.

Para as pessoas que têm interesse em começar a fazer algum tipo de tratamento com a planta, o primeiro passo é procurar um prescritor. 

As associações de cannabis terapêutica fazem essa ponte entre o paciente e o profissional.

O médico vai fazer a receita e com ela em mãos o paciente se cadastra no site da Anvisa para receber uma autorização de importação. 

Esse procedimento leva poucos minutos e imediatamente após concluir o preenchimento já tem o documento disponível para download. 

No Brasil, algumas associações produzem o remédio à base de cannabis com valor mais acessível que os produtos importados e que os poucos disponíveis nas farmácias brasileiras.

Tratamento como cannabis para saúde mental

O que explica a indicação e os resultados positivos da cannabis como via de tratamento para transtorno da saúde e mental é que a planta se comunica com o organismo humano através do SEC – Sistema Endocannabinoide.

Esse sistema é o responsável por provocar a homeostase do nosso corpo, ou seja, favorece o equilíbrio de todos os outros sistemas de forma harmônica.

Conexão entre cannabis e corpo humano

A cannabis possui uma série de substâncias químicas, entre elas os fitocannabinoides, que são moléculas que se conectam com o SEC através dos receptores que ficam espalhados por todo nosso organismo, literalmente, dos pés à cabeça.

Quando esses receptores são ativados pelos fitocannabinoides, uma série de reações químicas se desencadeiam e se direcionam para equilibrar funções do nosso organismo que encontram-se em desequilíbrio. .

Tudo isso acontece de forma natural e orgânica.

No caso da saúde mental, tanto o CBD quanto o THC, que são os fitocannabinoides mais conhecidos da planta, utilizados em doses adequadas, podem diminuir os sintomas da ansiedade, ajudar a controlar o medo ou pânico, melhorar a cognição, a coordenação motora, o sono, o apetite, além de possuir efeito antidepressivo, além de outros benefícios.

O CBD e o THC auxiliam nas questões de saúde mental

O CBD é um dos cannabinoides presente em maior quantidade na planta, indicado para diversas situações relativas à saúde mental.

Em conjunto com o THC tem o seu efeito potencializado.

Isso se explica pelo que os cientistas chamam de efeito sinergia, quando diferentes substâncias com propriedades terapêuticas atuam de forma integrada ativando o SEC e promovendo homeostase do corpo.

O THC é um fitocannabinoide, que mesmo em doses baixas, possui um efeito psicoativo maior que o CBD.

Ele torna mais aguçadas as funções do pensamento, da imaginação, da emoção, da percepção sensorial, entre outras funções psíquicas, sendo mais associado ao uso recreativo ou adulto.

Utilizado em doses adequadas, pode beneficiar muitas pessoas na restauração do sono, aumento do apetite, redução de ansiedade, entre outros.

O nossom corpor produz a anandaminda, conhecida como molécula da felicidade e sua estrutura é muito semelhante a molécula do THC. 

Sendo assim, os efeitos do THC causam bem-estar e melhoram sintomas desconfortáveis, como a ansiedade.

Por ter menos efeito psicoativo o CBD pode ser utilizado em doses mais altas sem que esses efeitos sejam perceptíveis.

O CBD é mais indicado para pessoas mais sensíveis à planta ou que desejam evitar situtações de instabilidade emocinal, aumento do fluxo de pensamentos ou inesperiêncvia com os efeitos da cannabi.

Tem potencial terapêutico como ansiolítico, antidepressivo, antipsicótico e na modulação em casos de estresse pós-traumático.

A dosagem é chave do tratamento com cannabis para saúde mental

Assim como qualquer outra forma de tratamento é muito importante que o paciente comece o uso do produto com doses baixas.

Com a ajuda terapêutica, é possível ajustar dosagem conforme os resultados vão surgindo.

Além disso, os remédios à base de cannabis podem ter diferentes proporção de fitocannabinoides, com mais ou menos CBD e THC.

Ser um produto de extração extração integral da planta, conhecido como full spectrum, é o mais indicado.

Ou seja, que tenha naquela fórmula todo o espectro de fitocannabinoides presentes na cannabis, desta maneira os resultados costumam ser mais efetivos..

Cannabis: saúde mental e práticas integrativas

Realizar o tratamento em conjunto com outras práticas terapêuticas e mudanças no estilo de vida.

As práticas integrativas atuam de maneira semelhante aos cannabinoides, pois promovem uma regulação ampla dos sistemas do organismo. 

Por isso, são muito indicadas para serem utilizadas de forma complementar aos tratamentos com canabinoides. 

Adotar práticas como atividade física, práticas de relaxamento, alimentação equilibrada, acompanhamento psicológico, fortalecimento e ativação de rede de apoio, ajudam e muito, a potencializar os resultados dos tratamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.